Desocupação de 12,4% para trimestre encerrado em fevereiro/2019 - Trabalho Hoje

PUBLICIDADE

Compartilhe no Facebook
Siga-nos no Twitter

Opinião

PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

29/03/19 | Desocupação de 12,4% para trimestre encerrado em fevereiro/2019

Foi divulgada a PNADC/IBGE relativa ao trimestre móvel dez/2018, jan e fev/2019, com a Taxa de Desocupação atingindo 12,4%. Este resultado é 0,9% maior que o resultado do trimestre anterior (set a nov/2018) e 0,2% inferior ao do mesmo trimestre do ano anterior  (Quadro 1).

A População Desocupada chegou a 13,1 milhões de pessoas e apresentou expressiva variação de 7,3% em relação ao trimestre móvel anterior. Em 12 meses o quadro é de estabilidade.

Já a População Ocupada – 92,1 milhões de trabalhadores – caiu 1,1%, cerca de 1 milhão de ocupações, em relação ao trimestre anterior e em 12 meses, inversamente, cresceu também cerca de 1,1%, com ganho de aproximadamente 1 milhão de vagas.

Por tipo de Ocupação, os Empregados com carteira de trabalho apresentaram estabilidade em ambas as comparações. Os Empregados sem carteira revelaram perda de 4,8% no trimestre e ganho de 3,4% em 12 meses. Já os trabalhadores por Conta Própria, segundo maior contingente de ocupados, apresentaram estabilidade no trimestre e ganho de 2,8% em 12 meses.

O Rendimento Real Habitual atingiu R$ 2.268,00, com ganho de 1,6% em relação ao trimestre anterior e estabilidade em 12 meses.

O resultado global apresentado em princípio não é bom, com uma perda de cerca de 1.0 milhão de ocupações em relação ao trimestre anterior e aumento de cerca de 890 mil desocupados para o mesmo período. Por outro lado, podemos ressaltar o ganho do Rendimento real habitual, a sazonalidade negativa dos meses de dezembro e janeiro relativas ao mercado de trabalho e, por último, mais uma vez destacamos a forte discrepância entre os dados da pesquisa e os dados do CAGED, registro administrativo do Governo Federal que registra todas as admissões e desligamentos  de empregados com carteira. Fica a sensação que o resultado poderia ser melhor!

Para mais informações sobre a PNAD Contínua, consulte a divulgação oficial do IBGE.

Quadro 1

2019-03-29_155724

Fonte: PNAD Contínua/IBGE

por: Rodolfo Torelly, Especialista em Mercado de Trabalho

    Os comentários não representam a opinião do portal, sendo de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. Comentários impróprios ou que contenham links e dados pessoais serão excluídos.

    Deixe uma resposta

    Voltar
    

    ® 2019 Trabalho Hoje | Termos de Uso | Política de Privacidade | Desenvolvido por Informal Informática