Taxa de desocupação registra menor valor no ano de 2018 - Trabalho Hoje

PUBLICIDADE

Compartilhe no Facebook
Siga-nos no Twitter

Opinião

PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

28/09/18 | Taxa de desocupação registra menor valor no ano de 2018

O IBGE divulgou os dados da PNAD CONTÍNUA para o trimestre móvel de junho a agosto de 2018, revelando a menor Taxa de Desocupação do ano, 12,1% (Tabela 1). Em relação ao trimestre anterior – março a maio – e ao mesmo trimestre de 2017, houve queda de 0,6% e 0,5% respectivamente.

O total de pessoas desocupadas apresentou significativa queda, regredindo para 12,7 milhões, com variações negativas de 4,0% e 3,1% em relação às comparações temporais descritas no primeiro parágrafo. Em números absolutos, cerca de 500 mil pessoas.

Já os Ocupados revelaram um expressivo crescimento em ambas as comparações temporais, alcançando 92,1 milhões de pessoas, uma variação de 1.2 milhão em relação ao trimestre anterior.

A pesquisa informa que a variação dos empregos com carteira (-444 mil) e sem carteira (+435 mil) ficaram estáveis, enquanto o grupo dos trabalhadores por conta própria teve uma variação positiva (+437 mil) em relação ao ano anterior.

O rendimento médio real habitual (R$ 2.225) manteve-se estável em ambas as comparações.

Um bom resultado para o trimestre, com a criação de mais de 1 milhão de ocupações e a redução de 500 mil pessoas desocupadas. Fica claro que mais pessoas pressionaram o mercado de trabalho em busca de ocupação, pois o País criou 1.2 milhão de ocupações e o número de desocupados caiu apenas meio milhão. A melhora do mercado revigora os trabalhadores desalentados a retomar a busca por uma vaga, movimento natural e positivo.

Vale destacar novamente uma discrepância entre os dados da pesquisa e os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) no que se refere aos trabalhadores com carteira. Este tipo de ocupação vem revelando sucessivos resultados positivos, os quais aparentemente não estão sendo captados pela PNAD CONTÍNUA.

Para mais informações sobre a PNAD Contínua, consulte a divulgação oficial do IBGE.

Tabela 1

captura-de-tela-2018-09-28-as-15-01-16

Fonte: PNAD Contínua/IBGE

por: Rodolfo Torelly, Especialista em Mercado de Trabalho

    Os comentários não representam a opinião do portal, sendo de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. Comentários impróprios ou que contenham links e dados pessoais serão excluídos.

    Deixe uma resposta

    Voltar
    

    ® 2018 Trabalho Hoje | Termos de Uso | Política de Privacidade | Desenvolvido por Informal Informática